Tribunal diminui pena de Eduardo Cunha na Lava Jato

em julgamento finalizado na tarde desta terça-feira (21)

há 2 anos
202

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) reduziu em 10 meses a pena do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em julgamento finalizado na tarde desta terça-feira (21). Com a decisão, a sentença do peemedebista caiu para 14 anos e seis meses pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

A defesa ainda pode recorrer da decisão ao próprio TRF-4 antes de ir ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Eduardo Cunha está preso desde outubro do ano passado na capital paranaense. Ele foi condenado após ser acusado de receber propina de US$ 1,5 milhão da empresa africana Compagnie Beninoise des Hydrocarbures Sarl, em contratos envolvendo a Petrobras na exploração de um campo de petróleo no Benin, na África.

O dinheiro, segundo a investigação, foi enviado a contas não declaradas que o ex-parlamentar mantinha na Suíça.

Cunha chegou a ficar preso dois meses em Brasília para prestar depoimento à Justiça Federal no DF. A defesa havia pedido a permanência dele na capital federal, onde o acesso aos advogados seria mais fácil. No entanto, Moro negou o requerimento.

O ex-deputado voltou nesta terça-feira para Curitiba. A defesa dele ainda não se manifestou sobre o julgamento de hoje.

Fonte: verdadegospel

 

Tags

eduardo cunha lava jato sergio moro moro

Veja também

Categorias

Siga-nos